Anorgasmia

 

AUSÊNCIA DE ORGASMOS

A anorgasmia é sim uma realidade para um número considerável de mulheres, porém, ao mesmo tempo, pouquíssimas são as que a admitem e partem em busca das respostas necessárias.

Lamentavelmente, os tabus e os paradigmas impostos por uma sociedade sexualmente hipócrita, que desconhece a sexualidade e o sexo, contribuem para prejudicar a busca da solução desta questão, porquanto, de cara, tolhem as mulheres no sentido de conversar abertamente sobre algo extramente relevante, diretamente ligado à felicidade.

 



 

Não trato a anorgasmia como um problema, mas sim, como uma importantíssima questão que necessita de respostas, respostas estas, que estão dentro de cada paciente. Tudo está dentro de nós e o fim da anorgasmia é uma prova disso.

Como terapeuta tântrico, já vivi a solução destas questões com um percentual muito considerável de pacientes, que conheceram seu primeiro orgasmo durante as sessões de masssgem tântrica, de forma extramente intensa, extremamente vibrante.

É realmente um momento mágico e lindo. É um momento único, cercado de uma emoção muito forte, a verdadeira realização de um sonho; uma dissolução de frustrações diversas que acompanharam as pacientes durante anos, décadas; é a retirada de um enorme peso das costas; é o fim de inúmeras angústias, ou seja, uma verdadeira libertação.

O mais importante é que a massagem tântrica permite que o orgasmo passe a fazer parte da vida das pacientes, a partir do momento em que a coloca em um caminho de expansão da autoconsciência e autoconhecimento.

É um trabalho que deve ser feito com muita tranquilidade, sem apressar e controlar os acontecimentos, deixando de lado quaisquer tipos de ansiedades.

Orgasmo é sim felicidade para uma mulher.

Publicarei mais postagens sobre o tema.

Por Marcelo (Prem Prabhu)