Ame seu corpo. Ele é sagrado

 

 

Postado em 19 de maio de 2018

 

 

Para o Tantra, seu corpo é sagrado! Tudo em você é sagrado!

Se você deseja um corpo ideal, dentro dos mais diversos padrões estéticos, seja ele especificamente qual for, é um direito seu e penso que ele está ao seu alcance. Basta fazer o que tiver que ser feito para tal, inclusive e principalmente foco e esforço.

 

 

 

 

 


Mas, ainda que seu corpo não esteja como você deseja, seja por falta de força de vontade sua, seja por não ser possível, sugiro que jamais entre em conflito com ele; que jamais seja contra o seu corpo; que jamais crie e nutra sentimentos em relação a ele, que venham fazer você blasfema-lo, ou seja, insultar o que é sagrado, nem em voz e nem em pensamento.

Seu corpo é sagrado; é um templo que a vida criou para você. Ele é único e, portanto, incomparável; um habitat para sua energia divina enquanto você estiver aqui neste plano. Seu corpo lhe acompanhará por toda sua existência. Já seus gostos e os padrões sociais/comerciais de beleza são transitórios, podem durar poucos meses ou poucos anos. Ou seja, pouco em relação à vida inteira.

Ame seu corpo. Tenha com ele uma relação de amor divino intensa. Use gestos e palavras amorosas com seu corpo. Tenha pensamentos amorosos em relação a ele. Nossa a elevação pode, perfeitamente, se dar a partir do nosso corpo. É a partir dele que sentimos todas as maravilhosas sensações internas, inclusive o êxtase.

Seu corpo, independente de padrões estéticos, é uma fonte de prazer orgástico, uma imensa zona erógena. Posso dizer que seu corpo é um imenso órgão sexual, uma maravilha que a vida lhe deu presente. Portanto cuide dele pensando em primeiríssimo plano na saúde, para que ele cumpra essa função maravilhosa em sua existência.

Cultue seu corpo como sagrado e não como um objeto do ego. Tenha com ele uma relação de amor profunda. Busque explora-lo e senti-lo ao máximo. Busque conhecê-lo profundamente.

Faça aquilo que desejar, que lhe deixe feliz: malhe, corra, hipertrofie, seque coloque massa nele, dentre outras. Se te faz bem, vá em frente. Porém, jamais esqueça de colocar em primeiro plano a sacralidade e o amor incondicional ao seu corpo.

Faça o que fizer, mas permita que a energia possa fluir no seu corpo. Não ofereça tensões ao seu corpo. Não coloque substâncias nocivas nele para atingir suas metas. Ele precisa estar minimamente relaxado para cumprir suas incríveis funções.

Jamais responsabilize seu corpo pelas escolhas que você fez ou fará. Jamais!

 

Por Prem Prabhu