Jamais apresse o orgasmo de uma mulher

 

Postado em 17 de abril de 2018 (atualizado em 31 de março de 2019)

 

 

 

 

Uma das piores atitudes que um homem pode ter durante o sexo é querer apressar o orgasmo da mulher, para satisfazer seu ego de macho, falando coisas do tipo: "vai, goza pra mim"; "goza gostoso, vai"; "está gozando?"; "gozou? Ainda não? Então goza, vai".

Numa boa, isso não é excitante, sensual, gentil, agradável, amoroso, ou seja, é horrível e só serve para cortar o clima e afastar cada vez mais a mulher do seus prazeres, dos seu orgasmos e do próprio homem. As mulheres não suportam serem cobradas, apressadas e pressionadas para que tenham prazer.

 



Os homens deveriam se aprofundar na questão cinestesia feminina. Muitos acham que cinestesia é apenas toque. Cinestesia envolve olfato e audição também e estes 3 sentidos funcionam juntos, ao mesmo tempo, de forma indissociável.

Assim, por exemplo, se seu cheiro e seus toques estiverem agradando uma mulher e você cai na besteira de querer mandar no orgasmo dela, apressando-a, esqueça, pois tudo foi por água abaixo.

Quando os homens tentam apressar os orgasmos femininos, muitas fingem justamente para acabar com situações extremamente chatas, constrangedoras, estressantes e angustiantes. Acreditem, isso realmente pode levar a relação sexual do prazer ao constrangimento e, não raras vezes, desencadear problemas.

Amigo, relaxa! Não faz assim não!

Entenda que o corpo de uma mulher é um universo cinestésico magnífico a ser explorado, ou melhor, que precisa ser explorado. Portanto, aproveite cada milímetro dela com muita calma, sem ansiedades. Você precisa fazer mulher sentir o corpo dela; sentir a energia dela sexual fluir pelo próprio corpo e isso é um processo que requer tempo e muita tranquilidade da sua parte.

Os homens precisam desenvolver suas cinestesias para deixarem de ser excessivamente visuais. Os homens precisam contemplar, admirar, apreciar e se deliciar com as mulheres. Os homens precisam entender que, quando começarem a agir assim em relação ao prazer, o céu não será limite.

Aliás, no sexo, se você pretende conduzir bem o momento, além de estar tranquilo, precisará transmitir tranquilidade. Não adianta querer apressar o orgasmo da mulher, porque não funciona assim. O efeito será totalmente oposto ao que você e seu ego imaginam e desejam, porque cada mulher tem o dom de ser única e não existe uma "receita de bolo" com formato e tempo. O lance é fluir, viver e sentir.

Mais do que sentir seus toques, beijos e carícias, se você quiser estimular uma mulher, terá que ir além de fazê-la te sentir. Terá que fazer com que ela sinta a própria eletricidade circular pelo corpo. Isso sim fará com que ela tenha um prazer totalmente diferenciado. Mesmo assim, não se preocupe com o orgasmo. Viva o processo de forma intensa, porém com muita leveza. Acredite, agindo assim, o orgasmo virá, sem bater à porta, com muita presença e força.

Não crie tensões apressando o processo. Crie um ambiente de relaxamento, paz extrema, para que a mulher se sinta à vontade, livre, desejada e segura. Viva o sexo com a sua parceira. Faça tudo com amorosidade, sem prestar atenção ao tempo. Explore o corpo da mulher sem expectativas. Explore porque é, simplesmente, delicioso e maravilhoso explorar. Porque não há nada mais incrível para um homem do que sentir e viver o prazer mais intenso de uma mulher.

Explore o corpo da mulher das unhas dos pés aos fios de cabelo com muitas carícias sutis e beijos, pela frente, pelos lados e de costas. Não deixa um milímetro sequer de fora. Tudo isso, com muita amorosidade. E lembre-se que a Sagrada Yoni concentra muita energia, que precisa ser distribuída e que o clitóris é uma microrregião muito sensível. Deixe a Yoni (vagina em Sânscrito) para o gran finale e seja delicado. Em todo processo busque sentir a reação da mulher, em cada milímetro de estímulo em seu corpo. Conecte-se! Viver o sexo é se conectar.

Para finalizar, aqui vai uma dica: se você seguir a sugestão deste artigo, provavelmente, aprenderá a controlar também a sua ejaculação, porque isso tem muito ou quase tudo a ver com a ansiedade.

 

 

 

Por Marcelo (Prem Prabhu)