Jamais mudaremos as pessoas

 

 

Postado em 28 de janeiro 2018 (atualizado em 31 de março de 2019)




Acreditem, na prática, jamais mudaremos quem quer que seja, pois esta é uma decisão que cabe única e exclusivamente à cada pessoa, algo que emana do âmago.

Por exemplo: se pagarmos o ensinamento de Osho em que ele afirma que as pessoas não nos preenchem, pois nossos preenchimentos são internos, que é uma grande verdade, todos vão concordar. No entanto, provavelmente, muitas pessoas que concordam com este ensinamento, neste exato momento, estão tentando ou pensando em mudar alguém.

 



A questão é que, quando uma pessoa toma a decisão de mudar, trata-se de algo que vem de dentro dela e está diretamente relacionado ao preenchimento interno dela, que ela mesma está promovendo ou promoveu.

A verdade é que se forçarmos mudanças em alguém, no máximo, conseguiremos que elas se adaptem temporariamente aos nossos desejos. Todavia, mais cedo ou mais tarde, o EU dela prevalecerá.

Inevitavelmente, chegará o momento em que o EU dela expulsará o seu EU de dentro, fazendo sobressair aquilo que ela é; que de fato é mais forte. Ocorre que isso será péssimo para todos.

Não queira mudar ninguém, portanto. Estimule as mudanças apenas, tentando mostrar caminhos, para que as pessoas façam suas escolhas velendo-se de seus livres-árbitros. Isso vale para muitos casos, principalmente para relações amorosas em que muitas pessoas desejam moldar as outras. Não respeitar o EU da pessoa e seu próprio tempo, gera muitos sofrimentos. Permita liberdade, então.

Ninguém será aquilo que você deseja. Acredite, as pessoas mudam por si. Você pode até acreditar determinada pessoa mudou alguém, mas, na realidade, não foi isso que aconteceu. Não se engane.

Se um homem muda por uma mulher ou se uma mulher muda por um homem, tal como estamos acostumados a falar, na realidade ela mudou por ela mesma, pois o mais importante para ela, o que a fará feliz, é estar ao lado de quem ele deseja fluir amor.

Sem dar sentido pejorativo à palavra interesse, até porque ela bem ampla e pode ser positiva, as pessoas mudam e se transformam de acordo com seus interesses. A outra pessoa pode até motivar, mas, no fundo, o que vai pesar será sempre seu interesse.

Não entre numa relação acreditando que você mudará alguém e deixando-a do jeito que lhe agrada. Não idealize um homem ou uma mulher.

Muitas pessoas que tentaram mudar as outras, acabaram quebrando a cabeça! Avalie corretamente o que será bom para você. Entrar numa relação com a mente focada em mudar alguém, é buscar sofrimento.

 

 

 

 Por Marcelo (Prem Prabhu)