Sua vida é um livro aberto?

 

 

Postado em 17 de novembro de 2018

 

 

 

Nem tudo sobre a sua vida deve ser contato às pessoas. Não por causa do tal olho grande, porque não acredito nesse tipo de influência e, portanto, não seria este o viés do meu texto. Mas, respeito que acredite. A questão é que, se as coisas estão dando certo, é porque seu pensamento; sua mente está no comando, enviando comandos, fazendo com que sua caminhada seja acertada e exitosa em determinado certame, em vários, ou de maneira geral.


 

 

 

Você tem uma melhor amiga ou melhor amigo e acha que ele deve saber de tudo que acontece com você, pois entende que, se não contar, estaria traindo ou fazendo pouco desta amizade? Se acha que sim, eu digo que não. Isso não é traição ou fazer pouco. Isso se chama direito à intimidade. Não falo isso com base em leis. Falo com base existencial pura e simples mesmo. Dei o exemplo de uma melhor amiga ou amigo, mas isso serve para toda e qualquer pessoa.

Sei muito bem que existem pessoas que cobram que você diga tudo sobre sua vida a elas e que ficam muito chateadas quando descobrem algo que você não contou. Pessoas que cobram isso de você e que ainda se acham no direito de ficarem chateadas, simplesmente, não respeitam seu direito à intimidade e seu livre arbítrio.

Ser extremamente seletivo com a divulgação do seu íntimo é algo importante. E isso vale para tudo; para o sucesso e o insucesso; para alegria e a tristeza; para a saúde e para a doença e; para realização e a frustração. Você pode contar o que quiser, para quem quiser, pois é seu livre arbítrio fazer isso. O que estou dizendo é que não há obrigação alguma nisso; que não é uma questão de trair ou fazer pouco das amizades.

Quem leva uma vida comum demora muito a equilibrar sua mente, seja para algo específico, seja para o geral. Quem leva uma vida comum, mesmo com a mente equilibrada, não está 100% blindado dos efeitos externos. Os amigos, por mais amigos que sejam, por mais amor que se tenha, não são você, logo eles são externos. Aliás, tal como já coloquei em diversas oportunidades, nada nem ninguém é 100%. Não existe 100% de blindagem.

A amizade é norteada pelo amor que temos à outra pessoa. Neste sentido, penso que a maior prova de amizade ou de amor que você pode dar é transmitir a segurança, a verdade e a certeza de que sempre estará ao lado da pessoa amiga, principalmente, nos momentos mais difíceis da vida dela. E isso não passa por ter que contar tudo sobre a sua vida, sobre seus pensamentos, projetos ou lá o que seja.

Muitas vezes a vontade intensa ou até incontrolável de abrir nosso íntimo às pessoas pode ter vínculo com alguma insegurança ou, até mesmo, com o Ego, ou seja, em busca de aprovação ou autoafirmação. Penso ser importante que uma bela reflexão seja feita antes da decisão. Pergunte-se sempre: será que eu preciso realmente contar isso para alguém?

Ouvir e saber ouvir as pessoas é muito importante, embora não seja imprescindível em determinados casos. Já saber ouvir o seu interior é sim imprescindível. A questão aqui é que podemos ouvir as pessoas sem que tenhamos que abrir as coisas, parcialmente ou totalmente, para elas.

Reflita sobre isso. Reflita sobre o fato de que, quando abrimos algo a quem quer que seja, podemos mexer com sentimentos, crenças, opiniões, conceitos e até mesmo preconceitos dessas pessoas, e que isso pode acarretar situações que não nos sejam agradáveis, que venham a mexer demasiadamente com nossos emocionais e tirem nossa mentes do ponto de equilíbrio que encontramos ou que ainda estamos encontrando. Nossa mente tem comando sobre tudo. A mente, uma vez instável, afeta sim o corpo e a alma. Afeta nossas energias.

Este texto é um singelo pensamento, com uma sugestão. Sou dono das minhas verdades apenas. Assim, se você não concordou, não siga nada, pois, certamente, o jeito que você está fazendo está dando certo para sua existência. Mas, opino que a vida não deva ser um livro aberto e que nada mostrar ou apenas selecionar muito bem a página que mostraremos, inclusive como a mostraremos.

 

 

 

Por Prem Prabhu